:: Futebol do Norte
 

Colunistas
Galo canta alto, Estrelão vacila e Tigre cai
por Manoel Façanha



Uma vitória, um empate e uma derrota marcaram o fim de semana dos nossos clubes nas disputas dos campeonatos brasileiros das séries C e D.

Começamos pela vitória do Atlético Acreano sobre o Náutico (PE) por 1 a 0, gol do atacante Eduardo. O trinfo colocou o Galo Carijó na vice-liderança do grupo A1. O time celeste perdia a primeira posição somente nos critérios técnicos do saldo de gols para a equipe Confiança-SE, mas após a vitória desta segunda-feira (30) do Botafogo-PB sobre o Confiança-SE, o time acreano caiu para a terceira posição.

A participação tímida do torcedor atleticano nas arquibancadas do estádio Florestão me deixou preocupado por dois simples motivos. O primeiro diz respeito a pouca receita que o clube tem arrecadado nas arquibancadas neste início de competição no sentido de complementar a folha salários de seus jogadores e membros da comissão técnica. Já a segunda está relacionada ao calor humano nas arquibancadas para empurrar o time celeste para cima de seus adversários. E, somente para o torcedor ter uma ideia, na partida de domingo, por exemplo, apenas 1.212 pagantes marcaram presença no estádio, totalizando uma receita de R$ 24.660,00.

Falando ainda de Galo Carijó, o clube não poderá mais contar com o futebol do meia-atacante Polaco para o restante da competição. O atleta fez exames nesta segunda-feira na cidade do Rio de Janeiro, podendo assinar contrato com a equipe da Ponte Preta de Campinas ou Avaí-SC.

Finalizados os comentários sobre a vitória do Galo Carijó na Série C, registramos aqui os resultados das partidas de Rio Branco e Plácido de Castro pela Série D. Na sexta-feira, o Estrelão recebeu o Baré-RR e quase foi surpreendido, empatando já nos acréscimos da segunda etapa (1 a 1), numa penalidade cobrada por Adriano Chuva. Já o Plácido de Castro, após quase um dia de viagem até a cidade de Tucuruí-PA, perdeu no domingo (29/4) para o Independente por 1 a 0. O técnico placidiano Júnior Mesquista justificou a derrota a dois fatores: o cansaço físico da viagem e uma penalidade não marcada a favor do Tigre do Abunã.

AS CURTINHAS

O comentarista André Luiz, da Rádio Jornal de Pernambuco, meu amigo de Associação Brasileira de Cronistas Esportivos (Abrace), assistiu e comentou a vitória do Atlético-AC sobre o Náutico Recife, por 1 a 0.

André Luiz elogiou a organização tática do Galo Carijó. Segundo ele, um time bem mais organizado taticamente que as equipes pernambucanas do Náutico e Santa Cruz.

O comentarista da Rádio Jornal disse não ter dúvida que o Galo Carijó dará muito trabalho na competição aos seus adversários.

Por fim, o cronista esportivo ainda elogiou o futebol apresentado pelo atacante Eduardo, assim como a qualidade do meia-atacante Polaco e a boa desenvoltura do lateral direito Januário.

Um bom feriado!

 
© Copyright 2004 - 2018 / Todos os direitos reservados a Futebol do Norte