Colunistas
Põe na conta do Vuaden
por Manoel Façanha

A eliminação do Paysandu nas cobranças de penalidades durante as quartas-de-final do Campeonato Brasileiro da Série C revoltou o torcedor celeste paraense no último domingo (8). E a revolta é justíssima, não somente pela perca da vaga na próxima edição do Campeonato Brasileiro da Série B, mas pelo erro grosseiro de uma penalidade mal assinalada pelo árbitro gaúcho Leandro Vuaden, aos 49min 30seg do 2º tempo, em favor do Náutico, quando o placar apontava vitória parcial por 2 a 1 em favor do Papão.

Minutos após a partida, o erro de Vuaden “invadiu” os noticiários e a crônica esportiva nacional não poupou críticas à atuação desastrosa do gaúcho. O apresentador do Sportv André Rizek fez o seguinte comentário: “Náutico despacha o Paysandu nos pênaltis e vai jogar a Série B. Mas o pênalti que o Vuaden deu para o Timbu, aos 49 do segundo tempo, é das marcações mais absurdas que já vi em toda a minha vida… Assistam e me digam o que acharam”.

Beijo na bochecha

Se o árbitro gaúcho Leandro Vuaden está sendo odiado pelo torcedor do Sport Club Paysandu, ele está sendo reverenciado pelos torcedores do alvirrubro pernambucano. O motivo está relacionado ao fato dele ter assinalado uma penalidade equivocada em favor do time nordestino, isso no apagar das luzes do jogo da volta das quartas-de-final do Campeonato Brasileiro da Série C. E a euforia do torcedor do Timbu foi tamanha após o jogo que o árbitro Leandro Pedro Vuaden, ao deixar o gramado do estádio dos Aflitos, ainda ganhou um beijo na bochecha de um torcedor mais atrevido do Náutico.

Prejuízo de quase R$ 10 milhões

O erro do árbitro Leandro Vuaden vai custar caro aos cofres do Paysandu, isso não somente em valores pagos por direito de imagens– algo hoje em torno de R$ 6,8 milhões, mas também em valores pagos por patrocinadores da agremiação, pois numa disputa de Série B a visibilidade do clube e de suas marcas superam e muito as registradas numa disputa de Série C.

Ontem (9), o cronista esportivo Onildo Melo, setorista do Paysandu (Diário do Pará), falou-me que o prejuízo com a eliminação do clube paraense pode chegar à cifra de R$ 10 milhões.

AS CURTINHAS

O Rio Branco é finalista do returno do Campeonato Acreano de Futebol Sub-20.

Na tarde desta segunda-feira (9), no estádio Florestão, o time alvirrubro derrotou o Independência por 1 a 0, assim garantindo vaga na decisão do segundo turno contra o Imperador Galvez.

O duelo ocorrerá nesta quinta-feira (12). Uma vitória do Galvez garante ao clube o bicampeonato da categoria, mas uma vitória estrelada provocará um jogo extra para se conhecer o campeão da temporada.

Bom dia!

 


© Copyright 2004 - 2019 / Todos os direitos reservados ao Futebol do Norte