Colunistas
Mundo mascarado
por Francisco Dandão



O corona vírus, esse aí que ora está se espalhando pelo mundo, apelidado por último de Covid-19, está alterando tudo no planeta. Inclusive o modo como as pessoas se apresentam. Tanto que o que mais se vê por aí pelas ruas são criaturas mascaradas, independente do período carnavalesco.

É claro que os mascarados vão se multiplicar no período dedicado à folia de Momo. Mas um aviso: máscaras de pirata, Zorro, Batman, Homem Aranha ou Homem de Ferro não valem. Tem que ser máscaras daquelas que cobrem o nariz. Do tipo das usadas pelo pessoal dos serviços médicos.

Aí, um dia desses, conversando sobre isso com o Joraí (aquele antigo zagueiro do acreano Andirá que mais gols contra marcou na história do futebol regional), ele me perguntou se máscara de odalisca (aquele véu que as moças usam sobre o rosto) poderia ser eficaz contra o Covid-19.

Eu, de verdade mesmo, não soube responder. Fiquei de consultar algum especialista para depois dirimir as dúvidas do Joraí. Então ele me disse que se a máscara de odalisca não barrar o tal corona, vai estragar o carnaval dele. Isso porque se vestir de mulher é o que ele mais gosta na festa.

Independentemente do Joraí, porém, o que poucos sabem é que além desse vírus não ser tão recente, ele não afeta apenas as vias respiratórias dos desprevenidos. Tem muita gente cujo cérebro é diretamente afetado pelo tal Covid-19 e que já vem apresentando os sintomas há pelo menos um ano.

As declarações de autoridades palacianas do Brasil são uma prova cabal disso. Um livro de quinhentas páginas não seria suficiente para listar todas as evidências. Então, por conta da impossibilidade de citar todas, vou ressaltar a última: empregadas domésticas não podem mais ir à Disney.

Como assim? Isso mesmo, caro leitor. A verborragia dos caras é tão estranha que eles só podem estar afetados por algum tipo de vírus da espécie corona, seja o Covid-19 ou outro qualquer. À luz da mais perfeita sanidade, não tem lógica. Mesmo que menino vista azul e menina vista rosa. Rsrsrs.

Sim, mudando o eixo da conversa, o certo é que está tão séria essa onda de Covid-19 que até os times de futebol da China estão correndo do país. Recheados de jogadores estrangeiros, os caras estão, prudentemente, indo gastar a sua bola em outros recantos. Prevenir é melhor do que remediar.

Enquanto isso, eu vou sair para avenida com um estoque de máscaras bem apertadas. Já pensei até na possibilidade de comprar um equipamento daqueles usados por mergulhadores, ou uma daquelas máscaras contra gás lacrimogêneo. Só não quero máscara de odalisca. Isso de jeito nenhum.

 


© Copyright 2004 - 2020 / Todos os direitos reservados ao Futebol do Norte