Notícias
Galo Carijó é absolvido da perda do mando de campo, mas é multado pelo STJD
Série D
08.08.2017 - 19:57 - Acre

A segunda Comissão Disciplinar do STJD do Futebol resolveu punir o Atlético Acreano com multa de R$ 1 mil pelo incidente envolvendo jogadores e membros da comissão técnica e também do Gurupi-TO. A respeito da denuncia de um rojão lançado por um torcedor no gramado do estádio Florestão, na partida do dia 30 de julho, a qual o clube acreano venceu o Gurupi-TO por 3 a 0, o clube foi absolvido.

A sessão ocorreu na tarde de hoje (8), no Superior Tribunal de Justiça Desportivo (STJD), no Rio de Janeiro. O Atlético Acreano foi incurso nos artigos 213 inciso III e 257 §3º na forma do Art. 184, todos do Código Brasileiro Justiça Desportivo (CBJD). Art. 213 – Absolvido, Art. 257 - Multa de R$ 1.000,00.

A ameaça de uma possível perda do mando de campo para o confronto do domingo (13), às 17h, no estádio Florestão, pelo jogo da volta das quartas-de-final do Campeonato Brasileiro da Série D, contra o São José-RS, não se concretizou. Na tarde de ontem (8), a segunda comissão do no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), reunida no Rio de Janeiro, resolveu absorver o bicampeão acreano da denuncia do lançamento de um rojão no gramado do estádio Florestão (artigo Art. 213 CBJD), em partida ocorrida dia 30 de julho, contra o Gurupi-TO, pelas oitavas-de-final do Campeonato Brasileiro da Série D.

No entanto, o clube celeste foi enquadrado pelos auditores no artigo Art. 257 CBJD e terá que pagar uma multa de R$ 1 mil. A multa é aplicada ao clube devido uma confusão envolvendo jogadores e membros da comissão técnica das duas equipes no mesmo jogo.

Foto: Manoel Façanha
Fonte: Manoel Façanha
 
© Copyright 2004 - 2017 / Todos os direitos reservados a Futebol do Norte