Notícias
A pedido da CBF, Curuzu passa por inspeção
Bastidores
06.12.2017 - 10:37 - Pará

Representantes de uma empresa contratada pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF) estiveram na Curuzu, na tarde desta terça-feira (5), para fazer uma vistoria no estádio. A visita faz parte do programa de licenciamento de clubes do Brasil. A inspeção foi acompanhada pelo vice-presidente de Operações do clube, Alexandre Pires, e pelo diretor de Obras e Patrimônio, Leonardo Maia.

O funcionário da terceirizada, Glauber Miranda, explicou como se deu o processo para gerar um relatório que será entregue à entidade máxima do futebol nacional. “Nós estamos aqui para fazer o levantamento da infraestrutura dos estádios e CTs dos clubes que vão disputar os Campeonatos Brasileiros das Séries A e B. Verificamos todas as instalações relacionadas a campo, vestiários, comissão técnica, árbitros, antidoping, hotelaria, lavanderia, rouparia e a parte de sanitários para o público”, explicou.

Os itens do relatório feito pela equipe de inspeção são todos demandados pela CBF, que posteriormente vai avaliar e dar seu parecer sobre a estrutura do clube. Para o vice-presidente bicolor de Operações, essa visita é muito importante. “É um projeto que a CBF vai implantar a partir do ano que vem. O Paysandu já recebeu uma documentação com todas as exigências que serão implementadas, para modernizar todas as estruturas dos clubes, de estádio e CTS. O Paysandu já vem em um processo desde 2013 e vamos nos adequar no que estiver faltando”, garantiu.

Alexandre Pires lembrou ainda que o clube que não se adequar poderá até ficar de fora das competições organizadas pela entidade. “A notícia que nós temos da CBF é que aqueles clubes que não preencherem os requisitos do licenciamento não poderão participar dos campeonatos”, completou.

Diretor de Obras e Patrimônio do Papão, Leonardo Maia explica que muitas das exigências que estão no programa de licenciamento já foram cumpridas. “Hoje o grau de exigência é muito grande e a gente procura cumprir tudo o que eles pedem. A Curuzu é um eterno canteiro de obras e é muito bom quando se tem uma vistoria dessa, pois estão vendo que estamos cumprindo o que estão solicitando”, argumentou.

Ano que vem, assim como tem sido recorrente nos últimos quatro anos, o Paysandu vai disputar três competições organizadas pela CBF: Copa do Brasil, Copa Verde e Campeonato Brasileiro da Série B.

Fonte: Assessoria/Paysandu
 
© Copyright 2004 - 2017 / Todos os direitos reservados a Futebol do Norte