Iranduba vence disputa, ganha vaga e será sede da Libertadores Feminina :: Futebol do Norte
 

Notícias
Iranduba vence disputa, ganha vaga e será sede da Libertadores Feminina
Bastidores
12.06.2018 - 09:24 - Amazonas

A Conmebol definiu nesta segunda-feira, em reunião do seu conselho em Moscou, na Rússia, que a sede da Libertadores feminina de 2018 será do Iranduba, em Manaus, que disputava com Corinthians e Deportivo Ita, da Bolívia. Com isso, o clube garante uma vaga na competição, que ocorrerá entre os dias 4 e 18 de novembro, por ser o organizador da disputa. A data de apresentação dos times será em 2 de novembro.

O Santos, campeão do Brasileiro de 2017, e o Audax, que levou a vaga pela conquista da última edição do torneio sul-americano, são os outros brasileiros classificados. A equipe de Manaus definiu a Arena da Amazônia, que comporta 44 mil pessoas e foi um dos locais da Copa do Mundo masculina de 2014, e o Estádio da Colina, para público de 10 mil, como os estádios para sediarem jogos da Libertadores. Lauro Tentardini, diretor executivo do clube, garante que, para o torneio, o Hulk da Amazônia terá um grupo ainda mais forte com reforços para a busca pelo título.

- É uma satisfação enorme. Nós que chegamos em 2016 para trabalhar com futebol feminino aqui. Saímos do sul do Brasil para encarar esse desafio, acreditando muito desde o início no potencial da região amazônica, no potencial especialmente de Manaus, que é o sexto PIB do Brasil, que tem um polo industrial fantástico e que tem o melhor torcedor de futebol feminino do Brasil. Eu queria agradecer ao presidente Amarildo e ao César Nunes, que é nosso diretor de comunicação, porque nós três trabalhamos muito para essa Libertadores vir para Manaus. O que o Cesar trabalhou, montando nosso caderno, nossa proposta, mostrando os potenciais de Manaus, do turismo, o potencial enquanto economia, o potencial do torcedor, a forma como ocorreu. Foi sensacional. Queria agradecer muito ao Cesar e Amarildo e também a Gilberto Novaes e Fernando Silvestrim. Dizer que o Iranduba vai muito forte para essa Libertadores. Já tem um time forte e tenho certeza que essa Libertadores, além de internacionalizar a marca do Iranduba, vai trazer ainda mais qualificação para nossa equipe - afirmou Tentardini.

Na luta por ter a competição, o Iranduba contou com um apoio importante. Marta, cinco vezes melhor do mundo, gravou um vídeo fazendo campanha para que Manaus fosse a escolhida. A camisa 10 da Seleção teve uma experiência em ver o futebol feminino por lá. Durante os Jogos Olímpicos, o Brasil atuou na cidade ainda pela primeira fase. Os amazonenses lotaram a Arena da Amazônia na ocasião.

Por que a vaga de campeão de 2017 ficou com o Audax?

Vale lembrar que, após o fim da parceria com o Corinthians em dezembro de 2017, o lugar na competição de 2018 ficou com o Audax porque, na origem, a vaga para a disputa foi conquistada com o título da Copa do Brasil de 2016, a qual o Audax era o time assegurado. Participam ainda da Libertadores representantes de Argentina, Bolívia, Chile, Colômbia, Equador, Paraguai, Peru, Uruguai e Venezuela.

Foto: Rebecca Lucila
Fonte: Globoesporte.com
 
© Copyright 2004 - 2018 / Todos os direitos reservados a Futebol do Norte