Notícias
Novo presidente do Nacional descarta licença do futebol
Bastidores
07.12.2018 - 10:36 - Amazonas

O Nacional-AM terá um novo presidente a partir de 2019. Em eleição realizada nesta quinta-feira, na sede do clube, Zona Centro-Sul de Manaus, o conselheiro Nazareno Pereira foi aclamado ao cargo máximo da instituição. Ele encabeçava a chapa-azul, ao lado dos vices-presidentes Luciano Andrade e Samir Abinader, e deve tomar posse oficialmente no dia 5 de janeiro. O mandato agora é de três anos.

Em sua primeira entrevista como futuro mandatário do Leão da Vila Municipal, Pereira descartou qualquer hipótese de licença futebolística e garantiu a presença do time no Amazonense, única competição disputável no ano que vem.

- Não é o interesse do presidente que está assumindo (pedir licença do futebol), de maneira nenhuma. O clube é muito grande para correr o risco de acontecer isso. De todas as dificuldades que o clube está passando, sei que, com uma força-tarefa, vamos sair dessa situação. Vou fazer de tudo para que o Nacional entre no Campeonato Amazonense e dispute com sua força, como era antigamente. Disputar para ser campeão - disse.

Nazareno, que é formado em medicina, também comentou sobre um problema que persegue as últimas administrações, a dívida crescente do clube. Ele relevou a crise financeira e disse que "esse problema não assusta".

- Primeiro estou recebendo o clube nesta semana de transição. Tenho um conhecimento da dívida do Nacional, da maneira que o clube se encontra hoje em dia, mas temos uma nação muito grande, que responsabiliza seus dirigentes a resolver qualquer situação que venha a prejudicar o Nacional. Pelo patrimônio que o clube tem, afirmo que a dívida não assusta - acrescentou.

Apesar de tomar posse apenas no dia 5 de janeiro, como está programado, o próximo mandatário afirmou que vai iniciar o processo de transição já a partir desta semana. Ele vai alinhar com o atual presidente, Roberto Peggy, possíveis contratações já de olho no estadual.

- O pensamento é de montar uma boa equipe, mas vai depender muito desse início de trabalho, que começa a partir de amanhã (sexta-feira), mesmo que só tomemos posse oficialmente em janeiro. Nós buscaremos fazer uma composição para começar as contratações de um bom time para disputar o estadual - finalizou.

A Assembleia Extraordinária contou com grande parte dos conselheiros, além dos ex-presidentes Mário Cortez e Manoel do Carmo Chaves, o Maneca.

Foto: Gabriel Mansur
Fonte: Globoesporte.com
 
© Copyright 2004 - 2018 / Todos os direitos reservados a Futebol do Norte