Notícias
Morre Aderson Maia, presidente da Abrace (1995/2017)
Bastidores
11.02.2019 - 20:09 - Giro pelo Brasil

É com pesar e tristeza que a Associação dos Cronistas Esportivos do Acre (ACEA) comunica o falecimento do ex-presidente da Associação Brasileira de Cronistas Esportivos Aderson Nogueira Maia (1995/2017). O cronista enfrentava uma série de problemas de saúde e no último domingo o quadro de saúde dele era bastante delicado, não resistindo e indo a óbito na manhã desta segunda-feira (11).

Aderson Maia tinha 81 anos de idade, nasceu no dia 9 de março de 1937 na cidade de Fortaleza-CE. O velório do cronista esportivo ocorre a partir das 14h desta segunda-feira na Igreja Presbiteriana, na cidade de Fortaleza. O sepultamento está agendado para as 16h desta terça-feira (12), no cemitério Parque da Paz, também na capital cearense.

Trajetória

Aderson Maia iniciou a brilhante carreira jornalística no rádio em 16 de junho de 1956, na Rádio Uirapuru de Fortaleza como redator esportivo e repórter esportivo, mas sua grande vocação era, além das qualidades jornalísticas, a liderança e desde 1975, o primeiro ano após a fundação da Associação Brasileira de Cronistas Esportivos (Abrace) passou a participar dos debates. Em 1992, foi nomeado diretor jurídico da associação pelo presidente Lombardi Júnior. Em 1994, com a morte do Lombardi Júnior, foi encarregado de proceder a redação de um novo estatuto, fato esse que fez o meu nome crescer entre os associados. Um ano depois, em 1995, em Alagoas, ano de eleição, foi eleito novo presidente da Abrace. Dos 25 delegados aptos a votarem, as regiões Norte e Nordeste eram donas de 13 votos, o que já o garantia na presidência da entidade. Aberto as urnas, Aderson Maia teve 18 dos 25 votos, numa eleição bem expressiva. O diálogo e a força de liderar o levaram a presidir a Abrace até 31 de março de 2017 (22 anos no comando da cronista esportiva nacional).

O trabalho de Aderson Maia na direção da Abrace o credenciou para presidir o Sindicato dos Radialistas do Ceará no período de 2000 a 2009. O cearense ainda chegou a presidir a Federação de Periodistas Desportivos das Américas (AIPS/América).

Aderson Maia era casado com a Sra. Angélica Pinto Nogueira, pai de três filhos: Sérgio Ricardo Pinto Nogueira, Angélica Luisa Pinto Nogueira e Aderson Maia Nogueira Junior. Também tinha cinco netos: Felipe Nogueira Pinheiro, Guilherme Nogueira Pinheiro, Luana Rayol Nogueira, Lucas Rayol Nogueira e Lara Angélica Rayol Nogueira

Visita no Acre e homenagens

Mesmo aconselhado ao repouso, em 2015, Aderson Maia, não resistiu e um convite da Associação dos Cronistas Esportivos do Acre (Acea) e também da Federação de Futebol do Acre (Ffac) esteve visitado a capital acreana, onde visitou as praças esportivas e participação do lançamento de mais uma edição da revista da Federação de Futebol do Acre. O dirigente durante a solenidade recebeu a comenda Campos Pereira e também foi homenageado pela federação local.

CURICULLUM ESCOLAR

Seus primeiros estudos foram no Ginásio 7 de Setembro e no Colégio São José.

– Bacharel em Direito pela Faculdade de Direito da Universidade Federal do Ceará, advogado inscrito sob o nº 5097 da OAB-CE.

TRABALHO

– Juiz do Trabalho, aposentado pela 7ª Vara do Trabalho do TRT da 7ª Região.
– Auditor do Tesouro da Prefeitura Municipal de Fortaleza.
– Aposentado com a representação de Secretário de Imprensa e Relações Públicas.
– Diretor Geral da Imprensa Oficial do Município de 1978 a 1985 quando se aposentou.

JORNALISTA:

– Começou em 1955, como Redator Esportivo do Jornal o Nordeste e posteriormente no Jornal O Estado.

RADIALISTA

– Em 1960 No início da Televisão no Ceará, ingressou como SUITE (Diretor de TV) e paralelamente como Repórter da Ceará Rádio Clube, ambas da Rede Associada do Brasil (Rede Tupi). Em 1982 com o fechamento da TV Ceará – Canal 2 passou a trabalhar na TV Manchete Canal 2, sucessora da TV Ceará onde ficou até 1993, quando se aposentou.

COMO DIRIGENTE

É sócio da APCDEC desde 1957, onde também exerceu os cargos de vice-presidente e presidente por nove anos.

– Membro da Associação Cearense de Rádio sucedida pelo Sindicato dos Radialistas e Publicitário do Ceará, do qual foi fundador; Eleito Presidente 1977/1989, sendo posteriormente eleito em 1992 até 2016.

– Membro da Associação Cearense de Imprensa, exercendo o cargo de Membro do Conselho Superior do qual foi o Presidente até 2016.

Entrou na ABRACE (Associação Brasileira de Cronistas Esportivos) em 1975, na gestão do Lombardi Junior, tendo sido o Diretor Jurídico, até 1995.

PRIMEIRA ELEIÇÃO NA ABRACE

– Foi eleito Presidente da ABRACE em março de 1995, no Congresso realizado em Maceió/AL.
– Reeleito em 1998, no Congresso de Fortaleza (CE)
– Reeleito em 2001, no Congresso de Teresina. (PI)
– Reeleito em 2005, no Congresso em Corumbá (MS)
– Reeleito em 2009, no Congresso em Fortaleza (CE)
– Reeleito em 2013, no Congresso em Goiânia (GO)

No dia 31 de março de 2017, encerrou suas atividades como presidente da ABRACE, fechando 22 anos como presidente da Associação Brasileira de Cronistas Esportivos.

DIRIGENTE INTERNACIONAL

– Foi Vice-Presidente da Federação de Periodistas Desportivos de América por dois mandatos.

– Presidente da AIPS-AMÉRICA (Federação de Periodistas de América), de 2009 a 2011, sendo eleito Presidente de Honra da AIPS AMÉRICA.

– Foi membro do Comitê Executivo da AIPS INTERNACIONAL de 2001 até 2009 (fonte: Aldeci Lima)

Que descanse em PAZ!

Alberto Rodrigues Casas
Presidente da ACEA


Manoel Façanha
Vice-presidente Norte/Abrace

Foto: Francisco Dandão
Fonte: Manoel Façanha
 


© Copyright 2004 - 2019 / Todos os direitos reservados a Futebol do Norte