Notícias
Zé Marco vê rival “perigoso” na semifinal e testa opções no Galvez
Acreano-2019
14.03.2019 - 17:48 - Acre

Com a classificação garantida para as semifinais do primeiro turno do Campeonato Acreano desde a terceira rodada e tendo encerrado a participação na fase de grupos no dia 28 de fevereiro, o Galvez está há duas semanas sem disputar uma partida oficial. A situação, para o técnico Zé Marco, não é a ideal por prejudicar o ritmo de jogo, mas é preciso adaptação.

– Eu preferia jogar para adquirir o ritmo de jogo ideal. A gente está há duas para três semanas sem jogar e isso implica que, principalmente nessa época de chuva, a gente não consegue desenvolver o trabalho do dia da forma que tem que ser. Não é só o Galvez que sofre com isso, são todos os clubes e a gente tem que se adaptar – afirma.

Por um lugar na decisão do turno, o Imperador vai enfrentar o Plácido de Castro, que garantiu a classificação para as semifinais com uma vitória nos acréscimos do segundo tempo sobre o Rio Branco-AC. Zé Marco ressalta as qualidades do adversário, visto como “perigoso”.

– É um adversário perigoso, que se posiciona muito bem atrás da linha da bola e tem um contra-ataque muito rápido. A gente tem trabalhado para neutralizar, não ceder o campo para eles nos contra-atacarem. Em contrapartida, manter uma postura de marcação forte, muito volume de jogo para criar oportunidades e transformar em gols. Apesar da derrota para o Atlético-AC, voltamos a apresentar um bom futebol, criamos inúmeras situações de gol e isso nos deixou mais confiantes para esse duelo da semifinal – avalia.

O técnico do Galvez destaca que a equipe ainda precisa evoluir ofensivamente quando o assunto é fazer gols.
– Temos que evoluir, principalmente na questão das finalizações. Num jogo de mata (único), a gente não pode errar tantas chances quanto erramos diante do Atlético. Ainda estamos pecando nesse quesito e é isso é que temos trabalhado para melhorar – diz.

Zé Marco comenta ainda sobre o desempenho do atacante Alemão, que ganhou oportunidade no time titular após a saída de Rafael Tanque, que era um dos artilheiros do time, mas ainda não marcou no estadual. O treinador demonstra satisfação com empenho do atleta, mas diz que também pode ter a alternativa de colocar em campo um time sem o atacante de referência.

– O Alemão teve duas partidas na sequência, se movimentou bem, deu opções, mas não conseguiu fazer os gols. Tenho estudado vários sistemas, com a manutenção do Alemão e também sem, usando outra peça na função. Mas vou definir somente nesta sexta-feira.

Para encarar o Plácido de Castro, o Galvez não poderá contar com o zagueiro Juan, que tem uma lesão muscular na coxa esquerda. O atleta estava se recuperando, mas voltou a sentir o problema e está vetado. Na última quarta-feira, o elenco do Imperador treinou pela manhã no campo do Juventus, em Rio Branco. Nestas quinta e sexta-feira, Zé Marco comanda o treinamento no período da tarde, no mesmo local.

O Galvez encara o Plácido de Castro, na segunda semifinal do primeiro turno, no domingo (17), a partir das 17h30 (do Acre), na Arena da Floresta.

Foto: Duaine Rodrigues
Fonte: Globoesporte.com
 


© Copyright 2004 - 2019 / Todos os direitos reservados a Futebol do Norte