Notícias
Manaus protesta anulação de título e "joga" final de estadual no video-game
Bastidores
14.04.2019 - 12:44 - Amazonas

O Manaus enfrentaria o Fast neste sábado, no estádio da Colina, pelo confronto de ida da final do Campeonato Amazonense, mas viu a partida ser suspensa após o Tribunal de Justiça Desportiva do Amazonas invalidar o título do returno do clube.

Em forma de protesto, e com bastante deboche, o Gavião do Norte realizou uma "live" em sua rede social, no mesmo horário em que o jogo seria realizado, e simulou no vide-game o que aconteceria caso o duelo não tivesse sido cancelado.

A brincadeira foi assim: o Manaus foi representado pela Nigéria, que também é conhecida por usar uniformes verdes, enquanto o tricolor Fast foi representado pela Rússia. No final, a Rússia - ou Fast? - venceu por 3 a 2.

O protesto tomou parte de da "live". Na outra metade do tempo, dirigentes do clube, como Rodrigo Novaes, aproveitaram a audiência para explicar o processo de impugnação pedido pelo Nacional, que havia sido eliminado na decisão do returno.

Entenda a polêmica

Após ser eliminado em campo na final do returno do estadual, o Nacional entrou com recurso no Tribunal de Justiça Desportiva do Amazonas (TJD -AM) para pedir a exclusão do Manaus FC do Campeonato Amazonense 2019, a impugnação da partida e a suspensão da final da competição, entre o Gavião e Fast, que teria o jogo de ida neste sábado.

Entre as acusações, estão o uso de sinalizadores por parte da torcida do Manaus, além da paralisação, por conta de uma invasão de campo, que teria prejudicado o Nacional. O documento é assinado pelos advogados Alexander Simonete Pereira e Luciene Cabral de Vasconcelos.

O presidente do TJD-AM, Édson Rosas, aceitou o pedido do Nacional-AM de impugnar a decisão do returno. Com isso, o título que o Manaus conquistou ao empatar sem gols com o próprio Naça está invalidado até o julgamento, que foi marcado para o dia 22 de abril, às 15h, no Pleno.

De acordo com o despacho, a aceitação da denúncia é baseada nos requisitos de admissibilidade nos termos contidos no Art. 84, §§ 1º e 2º do CBJD, que fala em modificação de resultado, além da anulação de partida, prova ou equivalente.

A Federação Amazonense de Futebol (FAF), portanto, resolveu suspender a final do Campeonato Amazonense até que o caso seja julgado.

Foto: Reprodução
Fonte: Globoesporte.com
 


© Copyright 2004 - 2019 / Todos os direitos reservados a Futebol do Norte