Notícias
Iranduba empata com Audax e se distancia do G8
Brasileirão Feminino
14.07.2019 - 20:41 - Amazonas

O Iranduba saiu na frente, levou a virada do Audax-SP e buscou o empate aos 43 minutos do segundo tempo, em partida realizada neste domingo, no estádio da Colina, em Manaus, pela 11ª rodada do Brasileiro feminino. Os gols do Verdão foram de Paulinha, enquanto as paulistas igualaram com Lulu e Rosani.

Como fica?

Com o resultado, o time da casa pula para 9ª colocação, agora com 12 pontos, um a menos que o oitavo São José, que ainda joga na rodada e pode abrir quatro de frente. Já o Audax manteve a sexta colocação, com 17 pontos, com classificação às quartas de final bastante encaminhada.

Primeiro tempo

O jogo começou movimentado. Prova disso é que com menos de dez minutos, as equipes criaram três chances de gols. Aos dois, Nathália mandou uma bomba de muito longe, mas por cima. O Iranduba respondeu aos cinco, com chute de Monalisa de fora, e aos 9, em chance incrível desperdiçada por Amanda. De tanto insistir, o gol saiu aos 15. Paulinha recebeu passe de Amanda e, com frieza rara, deslocou Kaka para abrir o marcador.

O Audax respondeu no minuto seguinte, com Lulu, que chegou a driblar Quezia, mas viu Renata Costa salvar o gol de empate. Aos 25, Amanda perdeu uma grande chance, essa mais feita que a primeira. Ela recebeu cara a cara com Kaka, com tempo de dominar e pensar no que ia fazer, mas chutou com pé trocado e perdeu o gol. O time paulista empatou aos 37. Brenda colocou a mão na bola dentro da área, e o árbitro Antônio Carlos Pequeno Frutuoso marcou pênalti. Lulu cobrou bem e converteu, dando números finais ao primeiro tempo.

Segundo tempo

O Verdão, como mandante, voltou agressivo, querendo a vitória. Antes do primeiro minuto, Elisa recebeu passe pelo lado esquerdo de ataque, na entrada da área, cortou para a perna boa e chutou colocado, mas para fora. O ímpeto continuou. A mesma Elisa, aos oito, arrancou pela esquerda, cruzou na medida para Brenda, que tentou tirar da goleira, mas cabeceou fraco. Aí Igor Cearense sacou Amanda Brunner para colocar Giselinha. O feitiço virou contra feiticero, e quem cresceu foram as visitantes.

Um minuto após Giselinha perder gol incrível, aos 34, o Audax virou o placar aos 35. Rosani arrancou do meio de campo, fez a tabela e entrou livre na área para deslocar Quezia e deixar o seu. Aos 43, quando parecia que terminaria favorável ao Audax, Monalisa, um pouco à frente da linha da grande área, chutou de trivela, para boa defesa de Karen. No rebote, Paulinha apareceu do nada para conferir, fazer o segundo dela e salvar o Hulk de uma derrota em casa.

Próxima rodada

O Iranduba volta a campo na quarta-feira, dia 17, contra o Santos, à priori na Arena da Amazônia, em Manaus. Já o Audax visita o Inter na quinta, dia 18, no campo Universitário da PUC, em Porto Alegre.

Foto: Marcos Dantas
Fonte: Globoesporte.com
 


© Copyright 2004 - 2019 / Todos os direitos reservados ao Futebol do Norte