Notícias
Márcio Fernandes condena derrota do Remo na Copa Verde
Em Ceilândia
14.08.2019 - 12:39 - Pará

Márcio Fernandes não mediu palavras para expor indignação com a derrota no Remo diante do Sobradinho-DF, no duelo de ida das oitavas de final da Copa Verde.

O revés por 1 a 0 deixou o comandante paraense furioso. Não só pelo resultado, mas sobretudo pelo desempenho demonstrado em Ceilândia.

"Nós não jogamos nada. Não tenho nada para falar. Infelizmente, levamos o gol, tentei fazer o meu melhor. Sei da responsabilidade que tive. Agora é virar a chave, focar na Série C e buscar a vitória", esbravejou.

Em desvantagem, o Leão Azul se vê na necessidade de vencer o rival do Distrito Federal por dois ou mais gols de diferença para avançar às quartas de final da Copa Verde - o duelo de volta está agendado para a próxima quarta-feira, 21 de agosto, às 20h30, no Mangueirão.

E AGORA?

Antes de decidir vaga no torneio mata-mata, o Remo volta as atenções à Série C do Campeonato Brasileiro. O próximo compromisso da equipe paraense é nesta sexta-feira, 16, diante do São José-RS, às 20h, também no Mangueirão.

O Rei da Amazônia, ainda em busca de classificação às quartas de final, ocupa o sexto lugar, com 23 pontos, um abaixo em relação ao Volta Redonda, primeiro integrante do G4 do Grupo B.

O clube porto-alegrense, por sua vez, é o terceiro com 25, em duelo decisivo pelas primeiras posições.

Foto: Ascom Remo
Fonte: Futebol Interior
 


© Copyright 2004 - 2019 / Todos os direitos reservados ao Futebol do Norte