Notícias
Ypiranga vence o Santos-AP e larga na frente na decisão
Amapazão
24.08.2019 - 23:32 - Amapá
Foto: Rosivaldo Nascimento

O Ypiranga venceu o Santos-AP por 1 x 0 na noite deste sábado (24) e largou na frente na final do Amapazão. O único gol do jogo foi marcado logo aos 2 minutos, com Aldair. E esse lance determinou a tônica da partida: ataque e contra-ataque. O Peixe, melhor ataque do campeonato e com média de 3 gols por partida, passou pela primeira vez em branco no estadual. E não foi por acaso. O time perdeu muitas chances de finalizar e quando teve a oportunidade, faltou uma perna, uma cabeça, uma ideia. O Negroanil se fechou e contra-atacou quando pode, assustando até. Com o empate embaixo do braço, a 2ª partida da final promete seguir a mesma linha.

1º tempo

O jogo já começou com gol. Logo aos 2 minutos, após bela trama pela direita que encontrou Aldair livre dentro da área. Era tudo que o Negroanil queria. Com isso, o time recuou e deixou o Peixe atacar, porém, a chance mais perigosa depois disso foi do Ypiranga aos 13, com duas bolas aéreas salvas pela zaga do Peixe. A partida seguiu com intensidade, mas com poucas finalizações perigosas. Aos 17, o autor do gol sentiu a coxa e deixou o gramado. Jason Rodrigues aproveitou e trocou o atacante pelo volante Nildon, se fechando mais ainda.

2º tempo

Santos-AP começou no modo atirador e o Ypiranga no modo "bola pro mato que o jogo é de campeonato". Avançando pelas laterais, a bola subiu na área do Clube da Torre em quase toda a partida, porém nenhuma com sucesso. Marcelinho, aos 18, aproveitou um dos cruzamentos e cabeceou por cima do gol. Dois minutos depois, o mesmo Marcelinho mandou uma falta no travessão. O Negroanil também assustou com um contra-ataque de almanaque para a finalização de Dhonata que parou na bela defesa de Pezão. A chance mais incrível saiu aos 45, quando após cruzamento três jogadores se esticaram e nenhum encostou na bola.

Público e renda

A 1ª partida da final teve um dos melhores públicos do Amapazão, com 860 presentes e uma renda total de R$ 6.010.

Quem leva a taça?

A partida decisiva acontece na próxima quinta-feira (29), às 20h30, no Zerão. Como não há vantagem, o empate dá ao título para o Ypiranga. O Santos-AP se vencer por um gol de diferença leva para os pênaltis, e por dois ou mais, fatura o título.

Foto: Rosivaldo Nascimento
Fonte: Globoesporte.com
 


© Copyright 2004 - 2020 / Todos os direitos reservados ao Futebol do Norte