Notícias
Rio Negro atropela o Tarumã no Amazonense Feminino
Estadual 2019
04.10.2019 - 00:26 - Amazonas

Rivais até quando não se enfrentam. Pouco depois do Nacional-AM massacrar o Clíper pela abertura da competição, o Rio Negro foi ainda mais impiedoso, só que diante do Tarumã, e goleou o rival por 7 a 0, nesta quinta-feira, no estádio da Colina, pela segunda partida - de uma rodada dupla - da primeira rodada do Amazonense feminino. Os gols foram marcados por Dodô, Tiely e Márcia, duas vezes, todos no primeiro tempo. O Galo ainda desperdiçou um pênalti e acertou a trave duas vezes. No segundo foram mais três: Márcia fez o terceiro, e Vaneza, duas vezes, deu números finais.

02:00

O que foi visto na Colina não foi futebol, mas sim um massacre sem dó ou piedade. O Rio Negro não deixou as Lobas do Norte respirarem sequer por um minuto e imprimiram um ritmo forte desde que a bola rolou. E não poderia ser diferente, já que o Tarumã recentemente trocou o treinador e, para esta partida, entrou sem ninguém no banco de reservas. A consequência foi o placar construído já no primeiro tempo: 4 a 0. Logo aos cinco, Dodô recebeu passe de fora da área, experimentou e contou com falha da goleira rival. Aos 19, Tiely recebeu cruzamento de Márcia e ampliou, e aos 24 foi a própria Márcia que deixou o dela. O Galo carimbou a trave duas vezes, ainda perdeu um pênalti aos 29, com Tayane, mas marcou o quarto logo depois, aos 34, novamente com Márcia, após excelente jogada de Novinha.

E agora?

Com o resultado, o Galo ultrapassa o Nacional-AM, que também goleou na rodada, e ocupa a liderança na tabela de classificação graças ao saldo de gols. Enquanto isso, o Lobo do Norte amarga a lanterna, atrás do Clíper. O Barriga Preta volta a campo no dia 10, contra o Clíper, no mesmo local. Já o Tarumã folga na segunda rodada e recebe o mesmo Clíper no dia 17, no mesmo local, mas pela terceira rodada da competição.

Segundo tempo

Com o placar praticamente consolidado, o jogo caiu de rendimento. O Tarumã até tentou reagir, controlando a posse de bola, pela primeira vez, no campo de ataque, mas acaba sempre levando mais sustos no contra-ataque. E foi em um deles que o Galo ampliou a contagem. Aos 22, Márcia recebeu de Dede, no contra-ataque, pelo lado direito, e chutou cruzado para ampliar. O gol acabou com todas as reações do Tarumã, que ainda teve sorte ao levar um gol anulado aos 24. Aos 33, Vaneza, que acabara de entrar dois minutos antes, fez o sexto. A própria Vaneza fez o sétimo no lance seguinte.

Foto: Rômulo Almeida
Fonte: Globoesporte.com
 


© Copyright 2004 - 2019 / Todos os direitos reservados ao Futebol do Norte