Notícias
"Guajará vai se tornar muito forte", destaca Tinho Damasceno
Estadual
07.10.2019 - 19:43 - Rondônia

O técnico Tinho Damasceno está motivado para sua segunda passagem pelo Guajará Esporte Clube. O treinador vai comandar o Glorioso na disputa do Campeonato Rondoniense 2020.

O final de semana foi de um pacotão com reforços que atuaram com destaques por clubes do estado, como: o goleiro Dida, o lateral Guarate além dos volantes Cabelo e Helder Bahia. "São nomes de muita repercussão no estado, muita qualidade e são jogadores que representam bem a camisa que estão vestindo. Acredito que o Dida dispensa comentários, pois nos últimos cinco campeonatos faturou quatro títulos. O Guarate é outro grande jogador que vi muitas qualidades e acredito que, se explorar bem o trabalho dele, ele dará muitas alegrias. E o Cabelo é um jogador impressionante, um cara que chega por dentro tem uma qualidade boa no passe, tem uma saída de jogo boa e vai nos ajudar bastante. Com isso o Guajará vai se tornar muito forte para o próximo estadual", destacou Tinho Damasceno.

Diferentemente deste ano, o Guajará tem o objetivo de brigar na parte de cima da classificação no Estadual. "Para 2020, o propósito do Guajará é o passo a passo. Primeiro a gente quer estar no G4. Nós queremos classificar o time e depois mirar realmente no campeonato. A gente está formando uma equipe muito forte, competitiva, com jogadores de muita qualidade, sabemos que em Guajará a torcida abraça o time, temos certeza de que se a gente começar bem será o maior púlico disparado da competição. Porque vai ter por ali algo em torno de 2 mil pessoas todos os jogos. Então queremos começar muito bem por isso estou indo para Guajará no próximo dia 15 e no máximo dia 20 já estarei em Guajará para dar todas as condições que os jogadores precisam ter para estar desenvolvendo seu melhor futebol", acrescentou.

Tinho Damasceno fez questão de destacar o trabalho empreendido em conjunto com a diretoria do Guajará. "Desde o primeiro momento que a gente começou a conversar. Ficou aquele sentimento de buscar um algo mais. Só que para buscar esse algo mais tem que ter uma qualidade e a gente acabou entrando num acordo. No primeiro momento a minha intenção era levar o Paulinho Ceará que é um treinador renomado aqui em São Paulo, meu amigo e eu ir como gerente de futebol para dar todas as condições dos atletas e comissão técnica tem que ter para se fazer futebol. O próprio Salatiel que é o nosso gerente de futebol e o Lauro nosso presidente falaram que o treinador tinha que ser eu. Então entramos num acordo e antecipamos bem a viagem para deixar tudo pronto sobre moradia, campo de treinamento e estádio com os laudos. Queremos correr de tudo antecipadamente e aí fazer realmente um planejamento bom", frisou.

Esta será a segunda passagem do comandante pelo clube. A primeira foi em 2018, quando o treinador levou o Glorioso ao quinto lugar na competição.

Foto: Alexandre Almeida
Fonte: Futebol do Norte
 


© Copyright 2004 - 2019 / Todos os direitos reservados ao Futebol do Norte