Notícias
Amazonas e Nacional ficam no empate
Tudo igual
26.01.2020 - 20:38 - Amazonas

Depois de sete jogos, eis que foi protagonizado o primeiro empate da edição 104 do Campeonato Amazonense. Em jogo movimentado e muitas chances desperdiçadas, Amazonas FC e Nacional empataram em 2 a 2 neste domingo, na Arena da Amazônia, pela segunda rodada do estadual de 2020. Os gols foram marcados por Clécio e Jordan, a favor do Leão da Vila Municipal, e Dênis Pedra e Daivison, pela Onça Pintada.

Como fica?

Com o empate, Nacional e Amazonas mantém a vice-liderança e terceira colocação na tabela, respectivamente, ambos com quatro pontos. Quem se deu bem com essa história foi o Manaus FC, que venceu o Fast na tarde deste sábado e chegou aos seis pontos, abrindo frente na liderança do primeiro turno.

Próxima rodada Na próxima rodada, o Amazonas, que segue invicto na sua curta história, visita o Princesa, no estádio Gilbertão, em Manacapuru, em seu primeiro jogo fora da capital amazonense. A partida será na quarta, às 19h. Já o Nacional entra em campo no dia seguinte, contra o líder e atual tricampeão Manaus Fc, no estádio da Colina.

Primeiro tempo

O Amazonas FC começou melhor. Dominando as ações e encurralando o Nacional em seu campo de defesa. Aos 27 segundos, Maikon Leite recebeu na esquerda e lançou Jackie Chan pelo centro, que ficou de frente para o gol, bateu de canhota e tirou tinta da trave de André Regly.A pressão seguiu. Aos cinco, Magnum pegou sobra no lado direito, entrou na área e soltou o pé. A bola mais uma vez saiu tirando tinta da trave de Regly. Aí o Nacional acordou.

Aos 14, Clécio cruzou rasteiro para dentro da área e encontrou Daniel, que arriscou o chute e carimbou a marcação. A chance não foi clara, mas era um presságio do que estaria por vir. Prova disso é que aos 33 o próprio Clécio abriu o marcador. Ele ganhou no alto depois de escanteio cobrado por Charles. O gol saiu minutos depois de Jackie Chan carimbar o travessão de André Regly.

Segundo tempo

A segunda etapa começou da mesma forma que o primeiro tempo. O Naça desligado, e o Amazonas impetuoso. As únicas diferenças dentro de campo foram as entradas de Otávio e Daivison nos lugares de Pelezinho e Raphinha. Em 10 minutos, a Onça já tinha levado perigo ao gol de André Regly em cinco oportunidades. Até que aos 13 o Amazonas foi recompensado pela instsitência. E num golaço. Em falta de muito longe, Dênis Pedra soltou um canudo e viu Regly aceitar.

O gol foi o que precisava para acordar o Leão, que passou a jogar melhor. Chegou uma vez com Randerson, outra com Bernardo e, aos 30, na melhor das chances, com Daniel, que perdeu gol incrível. O gol do desempate veio em bola parada. Aos 36, David Manteiga cobrou falta, e Jordan se esticou todo para marcar. Só que a resposta foi imediata. No lance seguinte, aios 37, Daivison aproveitou cruzamento de Maikon Leite e deu números finais ao jogo.

Foto: João Normando/Nacional
Fonte: Globoesporte.com
 


© Copyright 2004 - 2020 / Todos os direitos reservados ao Futebol do Norte