Notícias
Rio Branco veta parceria com o União Cacoalense
Temporada 2020
15.05.2020 - 00:08 - Acre

Um dia após o site Futebol do Norte e outros meios de comunicação divulgarem a possibilidade de uma parceira entre Rio Branco e União Cacoalense-RO para a sequência da temporada, o presidente do Rio Branco, o empresário Valdemar Neto, afirmou que a concretização da parceria está descartada. O dirigente disse ainda que realmente ocorreu uma conversa entre ambas as partes, mas, segundo ele, o contato teria ocorrido no primeiro trimestre do ano.

A ideia da parceira seria economizar custos para ambas às partes, mas o presidente estrelado, após analisar a proposta observou que não haveria vantagens para o Estrelão, desistindo assim da parceria. Nesta quinta-feira (14), o dirigente estrelado declarou para o blogdochicopontes.com.br que a proposta de parceria teria sido gananciosa por parte dos dirigentes do clube rondoniense e, na sua administração, ninguém tiraria mais proveito do clube.

Conforme a publicação do site, o acordo seria uma forma de economizar custos para ambas as agremiações durante esse processo de retomada do futebol. O possível acordo se daria da seguinte maneira: jogadores e parte da comissão técnica da Raposa da BR chegariam ao Rio Branco para reforçar o clube no returno do Campeonato Acreano, além da disputa da Série D. Os custos seriam divididos entre as duas partes.

Foto: Manoel Façanha


Seguem paralisados

O Campeonato Acreano/2020 segue paralisado desde 17 de março, quando da decisão do primeiro turno e sem data oficial para a retomada. Já o restante do Campeonato Rondoniense, interrompido após sete rodadas da primeira fase, está previsto para ser realizado somente a partir de novembro.

Dispensa

Com despesas acima do previsto para a disputa do estadual, o presidente estrelado Valdemar Neto resolveu dispensar nove jogadores do elenco de profissionais durante a semana. Os nomes são: Mateus Soldado, Zagallo, Catatau, Biro-Biro, Paulo Henrique, Breno, Guilherme, Bruce e Lucas.

Sub-20

Com isso, o dirigente volta a apostar na sua base para a disputa do restante do Campeonato Acreano e também da Série D, sendo que, para a segunda competição, ele deverá contar com reforços do futebol local. O dirigente também deve apostar numa comissão técnica caseira para o restante da temporada, após a saída dos técnicos Luciano Chequini e Ico.

Fonte: Manoel Façanha
 


© Copyright 2004 - 2020 / Todos os direitos reservados ao Futebol do Norte