Notícias
"Confio muito no meu potencial", destaca Alan Calbergue
Paysandu
03.07.2020 - 12:16 - Pará
Foto: Jorge Luiz/Paysandu

O meia Alan Calbergue está confiante em um bom desempenho no seu retorno ao Paysandu para a temporada 2020. Aos 21 anos, o jogador foi reintegrado ao elenco após passagem pelo Aimoré-RS e pelo Marília-SP.

"A experiência de ter jogado lá no Sul foi muito boa para mim porque é um futebol diferente com muito mais contato, muito mais pegado e acredito que foi bom ter essa experiência além de ter jogado um pouquinho mais então acredito que foi muito bom para mim", frisou Alan Calbergue.

O meia destacou que retorna ao Paysandu com mais maturidade e experiência. "Eu sou um cara que procuro olhar sempre as coisas de uma maneira positiva. Confio muito no meu potencial, sei muito bem até porque trabalho muito para isso. É um pouco difícil, um pouco complicado, mas nesses empréstimos procurei aproveitar da melhor maneira possível para adquirir um pouco mais de maturidade, de experiência para poder ajudar a equipe que é o mais importante", acrescentou.

Sobre o retorno em meio a pandemia, Alan Calbergue demonstra certa tranquilidade em virtude dos protocolos seguidos pelo Paysandu. "A gente sabe que é um cenário diferente, estou particularmente muito feliz em estar voltando. Eu já tive a oportunidade de trabalhar com a maioria dos jogadores que permaneceram. A gente sabe que essa pandemia acabou atrapalhando num modo geral a todos. A gente está seguro, trabalhando de forma segura, até mesmo revezando os horários, então estou me sentindo muito bem. A gente sabe que começa tudo do zero, então nessa hora todo mundo está trabalhando para ajudar o clube e isso é muito bom. Estou muito feliz de estar retornando a Curuzu", destacou.

Inicialmente, o Paysandu tem focado nos treinos físicos. "A gente fica ansioso para trabalhar, mas sabemos que devemos seguir com rigidez os protocolos e ter calma também. A gente sabe que é um cenário difícil, estamos nos acostumando em alguns aspectos muito rápido, mas a gente tem que ter um pouco de paciência para fazer as coisas certas e lá na frente colher os resultados", disse.

Sobre as oportunidades, Alan Calbergue acredita que pode ajudar o Paysandu na sequência da temporada. "Esse é o meu pensamento em poder ajudar o professor (Hélio dos Anjos) quando ele precisar. Trabalhar forte sempre com a esperança de ajudar e é o que vou fazer. Vou continuar trabalhando forte para quando precisar de mim eu possa estar pronto da melhor maneira possível", encerrou.

O Paysandu retorna a campo no dia 1º de agosto diante do Paragominas no estádio Mangueirão pela nona rodada do Parazão 2020.

Fonte: Futebol do Norte
 


© Copyright 2004 - 2020 / Todos os direitos reservados ao Futebol do Norte