Notícias
Gelson é vítima de racismo e Remo, Paysandu e FPF saem em defesa do volante
Bastidores
04.08.2020 - 15:01 - Pará
Foto: Fernando Torres

No jogo do último domingo entre Clube do Remo e Águia de Marabá pela nona rodada do Campeonato Paraense, o volante Gelson, do Leão Azul, foi vítima de racismo por parte de um torcedor que acompanhava a live de transmissão da TV Cultura.

No comentário, Junior Lima escreveu "tira esse preto macaco do Gelson". Rapidamente o comentário gerou revolta nas redes sociais. No Twitter, um perfil registou o momento racista e escreveu: "Mano, o jogador pode ser ruim o que for, mas nada justifica ser racista com ninguém, nada".

Gelson foi criticado pela imprensa e pela torcida azulina por não ter feito uma boa partida e perdido chances de gols. No início da tarde de hoje, 3, o Clube do Remo se manifestou sobre o caso. "O Clube do Remo já está tomando as medidas cabíveis e precisa de toda ajuda possível para identificar o criminoso. Racistas não passarão", escreveu o perfil oficial do Leão no Twitter.

Deixando toda a rivalidade de lado, o Paysandu Sport Club também comentou o caso e prestou solidariedade ao volante azulino. "O Paysandu Sport Club se solidariza com o atleta Gelson, do Clube do Remo,vítima de racismo. Repudiamos todo e qualquer tipo de preconceito. É preciso dizer basta e essa luta é de todos nós!", escreveu o perfil bicolor.

Quem também se manifestou foi a FPF (Federação Paraense de Futebol) que prestou solidariedade ao jogador do Remo. "A Federação Paraense de Futebol (FPF) vem a público, por meio deste, repudiar os comentários com teor racista divulgados na internet neste domingo (02), onde diz “Tirar esse preto macaco do Gelson”. Atitudes como essa, promovem o ódio, indo na contramão da necessária busca por igualdade étnico-racial".

Foto: Reprodução/TV Cultura
Fonte: Futebol do Norte, com informações do Portal RomaNews
 


© Copyright 2004 - 2020 / Todos os direitos reservados ao Futebol do Norte