Notícias
Hélio dos Anjos exalta poder de reação do Paysandu
Parazão
05.08.2020 - 11:33 - Pará

O técnico Hélio dos Anjos enfatizou o poder de reação do Paysandu na vitória de virada na noite da última terça-feira sobre o Itupiranga por 4 a 1 no estádio Mangueirão pela última rodada da primeira fase do Campeonato Paraense 2020. Com o resultado, o Paysandu confirmou a melhor campanha da primeira fase com 25 pontos.

Após um primeiro tempo com rendimento baixo, o treinador ressaltou a conversa com os atletas no intervalo. "Vestiário é vestiário. A gente tem a oportunidade de detectar no decorrer do jogo e no intervalo temos que mexer na ferida. Não gostei do meu primeiro tempo. Achei que nós tememos, em alguns momentos, os contra-ataques do adversário e a nossa proposta de jogo não era essa. Tanto que, no segundo tempo, tivemos muito mais compactação, uma linha mais alta e, consequentemente, o adversário jogou muito mais impedido em vários lances do que no primeiro", pontuou.

O treinador aprovou algumas mudanças promovidas durante a partida. "Não tivemos o volume de jogo, com os dois laterais, do jeito que eu gosto, não foram só os beiradas que não deram a mobilidade que precisávamos. Isso melhorou muito no segundo tempo. Principalmente o Mateus Anderson, um jogador de uma mobilidade característica dele e, acima de tudo, os meus laterais tiveram outra concepção, outra atitude. Gostei também do Calbergue assumindo a função de segundo volante", acrescentou.

Agora, Hélio dos Anjos concentra suas atenções para a estreia do Paysandu na Série C. "Os meus jogadores precisam de jogo. Eu até optei por mudanças para dar uma melhor condição de jogo para todos. Acredito que todo mundo vai começar em um estágio homogêneo a partir de sábado e vou poder definir até com mais tranquilidade a minha escalação. Eu gostei. Meus dois laterais reagiram muito positivamente. No fundo, era para o Nicolas fazer só 45 minutos, mas eu vi a necessidade de iniciar com ele [a etapa final], tanto que participou do segundo gol, e bem. Acho que ganhamos jogadores assim, ganhamos competitividade", frisou.

O Paysandu retorna a campo no sábado, às 17 horas (horário de Brasília), diante do Santa Cruz-PE na Curuzu.

Foto: Jorge Luiz/Paysandu
Fonte: Futebol do Norte
 


© Copyright 2004 - 2020 / Todos os direitos reservados ao Futebol do Norte