Notícias
Manaus vence Jacuipense e encosta no G4
Série C
24.10.2020 - 19:59 - Amazonas

Em duelo direto para saber quem encostaria no G4 do grupo A da Série C, neste sábado à tarde, na Arena da Amazônia, na capital do Amazonas, os donos da casa levaram a melhor. Com gol no último minuto dos acréscimos do segundo tempo, Hamilton marcou de cabeça e decretou a vitória do Manaus por 2 a 1 sobre o Jacuipense-BA, em duelo da 12ª rodada. O primeiro gol do time amazonense foi marcado por Gabriel Davis, no fim da primeira etapa, e os baianos marcaram com Wesley, também no primeiro tempo.

E agora?

Com a vitória, o Manaus chega aos 17 pontos sobe passa da sexta colocação para a quinta. O time amazonense tem a mesma pontuação do Ferroviário, quarto colocado, mas perde nos critérios de desempate. O Jacuipense, com 16, cai para a sexta colocação na tabela. Confira a classificação

Primeiro tempo

O jogo começou elétrico, com as duas equipes indo para o ataque. E que deu o primeiro cartão de visita foi o Manaus, com uma bola no travessão logo aos 4 minutos de jogo. A equipe amazonense chegou a marcar um gol, aos 12, com Luis Fernando de cabeça, mas o árbitro marcou falta e anulou. O Jacuipense tentou reagir, mas o Manaus voltou a arrisar. Daniel Costa, aos 22, arriscou, a bola quicou e o goleiro Luan espalmou. Depois disso, a equipe baiana equilibrou a partida e passou a ter mais chances. Aos 28, Wesley teve uma grande chance. Ele avançou em velocidade, ficou cara a cara com o goleiro, mas chutou para fora.

E quando o Manaus voltava a pressionar, em uma cabeceada de mal jeito de Rossini, o Jacuipense conseguiu o gol, em erro na saída de bola de Edvan, aos 37. Mauri aproveitou e cruzou na medida para Wesley empurrar de cabeça: 1 a 0. Mauri ainda teve um chute para fora e Raniele tirou uma bola em cima da linha de fumaça. E, aos 46, o Manaus conseguiu o empate. Daniel Costa cobra escanteio, a bola sobra, Hamilton escora e Gabriel Davis chuta fraco, mas o goleiro Luan aceita.

Segundo tempo

A segunda etapa começou bem diferente da primeira, com as equipes pouco criando. Parecia que uma esperava a outra para tentar o gol no vacilo adversário. Com isso, o jogo foi passando e nada de chances reais de gols. A melhor veio com o Manaus aos 18 minutos em uma enfiada de bola de Daniel Costa para Fumaça. Ele partiu em velocidade pela direita e cruzou na medida para Hamilton, mas Railan se esticou e evitou o perigo. Depois disso, o jogo se arrastou, com muitas paralisações para atendimento médico. Até que, passado os 40 minutos, as equipes resolveram fazer suas últimas substituições.

E quem se deu melhor foi o time amazonense com a entrada de Matheuzinho. Aos 44, ele avançou pela direita e cruzou pra trás para Hamilton, que chutou mas pegou mal. A respota da Jacupa veio aos 47 em um vacilo do goleiro Gleibson, que saiu jogando mal. Mauri pegou, avançou e chutou forte. Mas o goleiro do Manaus se recuperou. E quando parecia que o jogo terminaria no empate, Matheuzinho apareceu novamente aos 48. Novamente avançou pela direita e dessa vez cruzou no segundo pau. Hamilton subiu mais alto que a zaga e o goleiro e marcou de cabeça o gol da vitória.

Próxima rodada

Na 13ª rodada o Manaus encara o Paysandu, em Belém, no próximo sábado, dia 31. Já o Jacuipense vistia o Botafogo-PB, no dia seguinte, em João Pessoa.

Fonte: Globoesporte.com
 


© Copyright 2004 - 2020 / Todos os direitos reservados ao Futebol do Norte