Notícias
Com gol de pênalti, Tupynambás vence Palmas
Série D
21.11.2020 - 21:31 - Tocantins

O cenário era extremamente favorável para o Tupynambás. Equipe com a pior campanha da Série D do Campeonato Brasileiro, o Palmas tinha ainda uma série de desfalques que fez com o que time entrasse com o time, predominantemente, sub-20. Mesmo assim, não foi uma partida brilhante do Baeta, na tarde deste sábado, no Estádio Municipal Radialista Mário Helênio, em Juiz de Fora, mas deu para o gasto. Gol de pênalti de Fabinho Alves, artilheiro do time, e vaga no G-4 garantida em partida válida pela 13ª rodada da competição.

Com o resultado, o Tupynambás segue no G-4, em quarto lugar, com 20 pontos. O Palmas segue na última colocação do grupo 6 com a pior campanha da competição: nenhum ponto marcado, quatro gols feitos e 38 sofridos. Na última rodada, Baeta vai até a Arena Cajueiro enfrentar o Bahia de Feira, na sexta-feira, às 16h. O Palmas recebe o Villa Nova, no mesmo dia e horário, no estádio Nilton Santos.

O jogo - Contra o time de pior campanha da Séria D do Brasileiro, era de se esperar que o Tupynambás, atrás da vaga antecipada para a próxima fase, fosse para cima. Logo aos cinco minutos, Matheus teve que fazer grande defesa para evitar o gol do time mineiro. Um minuto depois, Ygor ficou livre dentro da área com a bola dominada, mas finalizou mal. Depois disso, o Baeta seguiu com mais posse de bola, mas não conseguia chegar ao gol do Palmas que se soltou no jogo. E por pouco não abriu o placar. Felipe pegou sobra de bola na esquerda e cruzou no segundo pau. Ygor chegou livre, mas pegou embaixo da bola e mandou para fora. Seria a melhor chance da etapa se Ygor, aos 50 minutos, não perdesse chance incrível. Cobrança de falta na área e Alemão cabeceou. A bola encobriu o goleiro e bateu no travessão. Na sobra, Ygor, quase em cima da linha e com o goleiro batido, mandou por cima do gol.

O Tupynambás voltou melhor na segunda etapa, com Reis no lugar de Bruno. Na primeira chance que teve, o atacante bateu por cima do gol de Matheus. Na segundo chance, um lance decisivo. Reis recebeu na área e foi calçado na hora de bater. Pênalti marcado para o Baeta que Fabinho Alves bateu com tranquilidade para abrir o placar. O atacante ainda teve a chance de ampliar depois de botar a bola na frente, bater e explodir no travessão do Palmas. O Baeta terminou o jogo com um a menos, após a expulsão de Linhares, que ficou nove minutos em campo, mas não deu tempo para a reação do Palmas.

Foto: Christian Alencar
Fonte: Globoesporte.com
 


© Copyright 2004 - 2020 / Todos os direitos reservados ao Futebol do Norte