Notícias
Nicolas encara jogo contra o Ypiranga como uma final
Paysandu
13.01.2021 - 17:49 - Pará

Nicolas é um dos jogadores do atual elenco do Paysandu que esteve na derrota para o Náutico, na Série C de 2019. O atacante viveu de perto a sensação de quase conquistar um acesso pelo Papão.

Agora, ele não quer repetir os mesmos erros diante do Ypiranga. "Não podemos ter desatenção. As duas equipes vão estar concentradas e quem errar menos sairá vitorioso. Temos que evitar erros. Evoluímos, estamos maduros e vamos buscar um bom resultado. É um jogo decisivo, com a importância igual. Temos que errar menos possível. É uma nova história que podemos escrever. Meus companheiros estão preparados pra uma decisão, uma guerra", disse.

O atacante reconhece que, por ser o artilheiro do time, a torcida deposita mais expectativa. No entanto, ele não foge da responsabilidade. "Divido minha responsabilidade com os companheiros. A gente é um grupo fechado. A torcida acaba vendo em mim um fator a mais de cobrança e eu sou muito grato por isso. Tô muito tranquilo. Quanto mais sou cobrado, mais eu me dedico. Não é segredo pra ninguém o quanto eu quero esse acesso. É um sonho desde o ano passado. Trabalho e descanso muito pra chegar preparado no jogo. É só o que me vem na cabeça, espero que se concretize".

Nicolas garante que o equipe precisa entender o andamento da partida e se adaptar às dificuldades que vão surgindo para minimizar os erros. "Vai ser um jogo difícil. A equipe do Ypiranga é qualificada. Eles são organizados, vai ser definido nos detalhes. Independente da partida, temos que entender e impor nosso ritmo. Merecemos subir. Estamos fazendo uma campanha de muito interesse, é algo que queremos desde o ano passado. Estamos focados nesse objetivo. Sabemos que será muito difícil. O Paysandu é grande, já teve jogos memoráveis e acredito que a gente esteja trabalhando pra isso. Vamos pra Erechim pra buscar nosso acesso", finalizou.

Foto: Jorge Luiz/Paysandu
Fonte: Roma News
 


© Copyright 2004 - 2021 / Todos os direitos reservados ao Futebol do Norte