Notícias
Reserva também chateia Odair no Remo
29.07.2005 - 10:18 - Pará

Um dia após o mal-estar entre a comissão técnica e os jogadores Paulista e Eduardo ter sido contornado, surge um novo foco de preocupação no Baenão. O volante Odair, 28, deixou o treinamento de ontem à tarde de cara fechada. Ao deixar o gramado, o jogador comunicou à assessoria de imprensa do clube que "não queria falar com ninguém". Ele cumpriu o que disse.

Calado e cabisbaixo, o atleta deixou o Baenão logo após o fim do treino, por volta das 17h40, enquanto os demais jogadores saíram do Evandro Almeida somente em torno das 18h10. Geralmente, Odair é sempre um dos últimos a sair, até mesmo porque ele é um dos jogadores mais assediados pela imprensa.

A atitude de Odair foi recebida com estranheza, pelo fato do atleta se enquadrar no perfil do "boa praça" - ele é um dos jogadores mais brincalhões e receptivos do elenco. Além disso, o volante é considerado o líder do time, por ter ostentado a braçadeira de capitão durante toda preparação do Remo para a Série C.

Mesmo sem ter dado entrevistas, Odair deixou transparecer o motivo do seu comportamento. O volante teria ficado chateado porque o técnico Válter Lima o escalou no time que trabalhou sem coletes, a equipe reserva. Nitidamente, o jogador não treinou com a mesma desenvoltura e vontade de sempre.

Recentemente, Odair se recuperou de uma lesão na panturrilha. Por conta disso, ele declarou que iria fazer de tudo para estar em campo no domingo, contra o São Raimundo (RR). O atleta estava confiante que iria figurar entre os titulares nos treinamentos de preparação para a estréia. E como não foi... O técnico Válter Lima disse desconhecer qualquer problema com Odair.

"Nós fizemos um trabalho tático e ele treinou entre os reservas porque vem de um período de recuperação. Ele não precisa de aborrecer com as pessoas", comentou o treinador.

Fonte: Diário do Pará
 
© Copyright 2004 - 2018 / Todos os direitos reservados a Futebol do Norte