Notícias
Cartola ameaçou com demissão caso o Santos-AP não avançasse
Copa Verde
20.03.2017 - 20:01 - Amapá
Foto: Gabriel Penha/GE-AP

Até onde vai a motivação? O presidente do Santos-AP, Luciano Marba, usou uma tática no mínimo curiosa para motivar os jogadores do Peixe da Amazônia antes da goleada contra o Fast-AM no domingo (19), pela Copa Verde. O mandatário do clube ameaçou desmanchar o elenco, caso o time fosse eliminado da competição nacional.

- Tem que ter uma motivação - afirmou o cartola, deixando no ar a possível pressão dada ao time.

E parece que o "incentivo" deu certo. Após ter perdido no jogo de ida por 1 a 0, o Santos-AP massacrou o Fast-AM no Estádio Olímpico Zerão, em Macapá, vencendo por 4 a 1 e garantindo vaga nas quartas de final da Copa Verde.

- Esse jogo valia o nosso emprego, principalmente para muitos como eu que pretendem encerrar a carreira final do ano. Se a gente perdesse, o presidente iria mandar a gente embora, acho que poucos retornariam. Então nos reunimos para dar a vida dentro de campo e sair com a nossa classificação - disse o meia e um dos mais experientes do elenco, Balão Marabá.

Além da classificação, a vitória quebrou uma marca negativa para o Peixe da Amazônia. O Santos-AP participa da Copa Verde desde 2014, mas nunca tinha conquistado uma vitória na competição. Nas últimas três edições da copa, o time amapaense teve quatro derrotas e três empates.

Fonte: Globoesporte.com
 
© Copyright 2004 - 2017 / Todos os direitos reservados a Futebol do Norte