Notícias
Nacional vence Manaus e assume a vice-liderança
Amazonense-2017
19.04.2017 - 23:56 - Amazonas

Depois de derrota para o Rio Negro, o Nacional voltou a vencer e mostra que está na briga pelo título do Campeonato Amazonense. Nesta quarta, às 20h, no estádio Carlos Zamith, na capital amazonense, goleou o Manaus FC por 4 a 2. Os gols do Leão da Vila Municipal foram marcados por Victor, Jefferson Siqueira, Tiago Bastos e Charles. O Gavião descontou com Wanderley e Netinho.

Com o resultado, o Leão da Vila Municipal assume a vice-liderança do estadual, com 16 pontos, atrás apenas do Rio Negro, que tem 17. Já o Gavião, que almejava encostar no G4, continua na quinta posição, com 9 pontos, a cinco pontos do quarto lugar, Princesa, que tem 14. Na próxima rodada, o Naça encara o Holanda, no sábado, às 19h, no Zamith. Já o Manaus pega o Rio Negro, no mesmo dia, às 18h, no estádio da Colina.

O jogo

Ambos entraram em campo com o mesmo foco: o G-4. O resultado, então, não podia apontar algo que fosse diferente de muito equilíbrio. O Gavião, com três novidades na equipe titular, tentou tomar a iniciativa nos primeiros minutos, mas esbarrou, principalmente, na falta de entrosamento. Prova disso foi que o time levou perigo apenas nas bolas alçadas na área. A primeira com Hamilton, aos 6 minutos, e a segunda já nos acréscimos, com Ediglê. Nas duas oportunidades, o goleiro Marcelo Valverde estava bem colocado e fez grandes defesas.

Já o Leão da Vila Municipal aproveitou que o rival ainda pegava ritmo para impor sua filosofia de jogo. No entanto, assim como o adversário, e como vez fazendo na maioria dos jogos do estadual, a bola parada foi a grande arma. O primeiro susto do arqueiro do Manaus foi aos 27 minutos, quando Tiago Bastos cobrou falta no travessão. O gol amadureceu 10 minutos depois. Após nova cobrança de falta, Victor, sempre ele, apareceu para fuzilar as redes de Jonathan e dá a vitória parcial ao Naça.

Segundo tempo

Em desvantagem no placar, Cearense realizou uma mudança ainda no intervalo: sacou o zagueiro Elton para colocar o meia Netinho. Com isso, ele recuou Juninho e deu mais qualidade de passe no meio de campo. Porém, que teve a primeira oportunidade da segunda etapa foi o Nacional. Aos 10, Juninho falhou, Paulo Roberto deu o bote e, na ponta direita, cruzou para dentro da área. A bola passou por Hudson, mas não por Jeferson, que isolou.

No lance seguinte, o Manaus provou, mais uma vez, que a bola pune. Após passe de Átila, Jefferson Siqueira colocou a mão dentro da área, e o árbitro assinalou penalidade máxima pênalti. Wanderley, ex-Naça, cobrou no canto oposto de Valverde para igualar o marcador. A igualdade não durou muito mais tempo. Isso porque o Naça voltou a ficar a frente do placar em novo lance de bola parada. O mesmo Jeferson Siqueira aproveitou rebote da zaga e soltou um balaço de fora da área.

Com a derrota, o Manaus teve que sair mais para o jogo. Melhor para o Naça, que tinha campo livre para contra-atacar. Prova disso ocorreu aos 22min, quando Yuri recebeu bola cara a cara com Jonathan e viu o goleiro operar um milagre. Aos 32, Bernardes promoveu a reestreia de Charles no Nacional. O meia precisou de 8 minutos para cair na área e sofrer o pênalti. Tiago Bastos converteu. Nos acréscimos, Charles, iluminado, marcou o quarto para o Naça. E quando todos esperam que nada mais acontecia, Netinho diminuiu para o Manaus, aos 48 minutos e deu números finais ao jogo.

Foto: Gabriel Mansur
Fonte: Globoesporte.com
 
© Copyright 2004 - 2017 / Todos os direitos reservados a Futebol do Norte
CBK Agência Digital
E-Mail Futebol do Norte